Núcleo São Paulo da Auditoria Cidadã da Dívida

 

Contato: auditoriacidadasp@gmail.com

Coordenadora: Carmen Bressane

Coordenadoras adjuntas: Ana Cardoso, Giulia Pierro e Edna Pinson

 

ATIVIDADES DO NÚCLEO SP

 

18/10/2014 – Palestra no SINSPREV em Campinas, sábado, às 9:00hs . Palestrantes: Carmen Cecilia Bressane e Giulia Piero.

 

14/10/2014 – Curso aberto na Faculdade de Direito da USP – Largo São Francisco, às 19:00hs.

Clique aqui para ver o cartaz com a programação

 

23/6/2014 – Artigo – O Sistema da Dívida em São Paulo – Carmen Bressane e Maria Lucia Fattorelli

 

29/5/2014 – Núcleos do DF, SP e MA participam de atividade da greve do Judiciário Federal

Júnior Alves, representando o Núcleo DF e Saulo Arcangeli, representando o Núcleo do MA, participaram de uma atividade da greve promovida pelo SINTRAJUD, Sindicato do Judiciário Federal de SP, em que a Coordenadora do Núcleo SP, Carmen Bressane, ministrou uma palestra sobre a auditoria da dívida pública.

A palestra ocorreu no saguão do prédio do Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, dia 29/05/14, a convite da diretoria do SINTRAJUD, durante a greve da categoria. Presentes, vários servidores da Justiça, inclusive magistrados.

Por Eugenia Lacerda e Carmen Bressane

 

 

_______________________________________________________________

 

2ª Manifestação pela auditoria da dívida pública

Terça, 25 de março de 2014 – Praça Roosevelt

https://www.facebook.com/events/288833404612300/?ref_dashboard_filter=upcoming

______________________________________________________________________________________________

 

 

14/3/2014 – Coordenadora do Núcleo SP tem artigo divulgado no Blog dos fiscais de rendas de São Paulo (AFRESP)

 

Clique aqui para acessar

 

__________________________________________________________

 

Núcleo SP da Auditoria Cidadã se reúne com Secretário Adjunto de Finanças da Prefeitura de São Paulo

Relato de Carmen Bressane – Coordenadora do Nucleo SP da Auditoria Cidadã da Dívida – 5/2/2014

 

Estivemos Marco, Mauro e eu reunidos com o secretário adjunto de finanças Antonio Paulo Vogel de Medeiros e um jovem de nome Henrique, cujo cargo não foi mencionado.

Na ocasião entregamos ao Secretário um kit com um livro da Dívida dos Estados e o Último Livro – Experiências e Métodos. Entregamos ainda, um outro kit igual para ser entregue ao Haddad.

A conversa foi de excelente nível técnico, ambos os lados tinham muito bom conhecimento das questões das dívidas federal, estadual e municipal.

Todavia, afirmou o secretário que o governo do município de SP deseja apenas corrigir a questão dos juros excessivos, conforme consta do projeto original que irá a plenário do Senado na tarde de hoje.

Que, passando a lei como está, abre a possibilidade de SP contrair mais empréstimo o que dará ao governo paulistano maior possibilidade de investimentos durante esta gestão.

Descartou qualquer possibilidade de vir a questionar a União por eventuais problemas no nascedouro desta dívida, refinanciada pelo ente federal, ainda que haja questões relevantes apuradas nas CPIs.

De nosso lado, ressaltamos que a redução retroativa da taxa de juros apenas traz um pequeno alívio a médio e longo prazo, no saldo devedor, já que durante mais alguns anos continuaremos pagando no limite de 13% da receita líquida, o que corresponde a algo em torno de R$ 4 bi/ano.

Alertamos que mais endividamento não seria necessário para a cidade se houvesse uma auditoria da dívida, uma vez que esta representaria uma enorme economia financeira com liquidez imediata para vários investimentos sociais.

Alertamos, ainda, que não se trata de “empurrar” a dívida para a União, trata-se de não admitir que a sociedade continue pagando a enorme conta de uma dívida oriunda de fraudes comprovadas.

Informamos ao Secretário adjunto que é intenção da Auditoria Cidadã questionar judicialmente a origem dessa dívida exigindo uma ampla auditoria.

E assim encerramos nossa reunião, não tendo sido possível filmar nem fazer fotos.

 

Carmen Bressane

Coordenadora do Nucleo SP da Auditoria Cidadã da Dívida

 

__________________________________________________________

 

Núcleo SP participa da “Copa Rebelde” – São Paulo – 15/12/2013

Confira a reportagem da TV UOL

Vídeo do evento

 

_____________________________________________________________________

 

 

Palestra “A DÍVIDA PÚBLICA E SEUS REFLEXOS SOCIOECONÔMICOS” – Carmen Cecilia Bressane – Evento do SINDPD – Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo – São Paulo, 24/10/2013

 

Cobertura do evento: Portal do SINDPD

 

___________________________________________________________________________

 

NUCLEO SP DA AUDITORIA CIDADÃ OCUPA AVENIDA PAULISTA

 

 

 

A AGENDA DO DIA 15 DE OUTUBRO DE 2013, NÚCLEO/SP:

NA CÂMARA MUNICIPAL:

* Às 10:00 hs visita aos gabinetes dos Vereadores para entrega de Carta informativa sobre a Dívida Pública.

* Às 11:00 hs Palestra no salão aberto do andar térreo.

CAMINHADA Às 12:00 hs saída da Câmara Municipal e caminhada até a Prefeitura para entrega de carta ao Prefeito Haddad.

MASP Às 17:30 hs – No vão do Masp: Palestras, Distribuição de Panfletos, Informes e Esclarecimentos à População sobre a questão da dívida pública.

Às 18:30 hs – Passeata com saída a partir do vão do Masp.

_______________________________________________________________________

 

2/10/2013 – a Comissão de Administração Pública, da Câmara Municipal de SP aprovou requerimento para a a realização de uma Audiência Pública sobre a Dívida Paulistana. A data da Audiência Pública será decidida em uma próxima reunião. http://www.youtube.com/watch?v=Q0zkw_cN3eA

 

_______________________________________________________________________

 

 

 

Confira o evento no facebook:

https://www.facebook.com/events/559269874130636/

 

______________________________________________________________________

 

ORIGEM DO NÚCLEO SP

 

O núcleo São Paulo da Auditoria Cidadã da Dívida forma-se em momento importantíssimo do país quando a sociedade, principalmente os jovens, saem às ruas para exigir direitos que há muito vem sendo desrespeitados. Nosso país que tem uma das maiores arrecadações tributárias do planeta não retribui aos contribuintes na mesma proporção.

São Paulo, a locomotiva da nação, maior centro financeiro do pais,  apresenta uma condição deplorável nos serviços públicos: na educação é carente de creches e tem o ensino de péssima qualidade e professores mal remunerados; nos transportes a precariedade dos serviços humilha diariamente o trabalhador que precisa dele para se locomover; na saúde o SUS castiga a população pois faltam leitos e todo tipo de equipamentos e materiais básicos.

E então, para onde foi tanto dinheiro arrecadado, saído dos nossos bolsos? A maior fatia da arrecadação não vai para investimento no social mas sim para pagamento de juros da dívida pública! Que dívida é essa que quanto mais se paga mais se deve? Estados e Municípios já não suportam tal ônus e taxas estratosféricas de juros.

A auditoria da dívida é indispensável e inadiável pois é o único caminho para viabilizarmos serviços públicos de qualidade.

9/7/2013